Thalita Tázila Thiciane Macedo Itarlyson Morais Inicio

terça-feira, 29 de março de 2011

Psicologia Científica


A Psicologia Científica

O berço da Psicologia moderna foi à Alemanha do final do século 19. E seu status de ciência é obtido à medida que se “liberta” da Filosofia.

Essas teorias devem obedecer aos critérios básicos da metodologia científica, isto é, deve-se buscar a neutralidade do conhecimento científico, os dados devem ser passíveis de comprovação, e o conhecimento deve ser cumulativo e servir de ponto de partida para outros experimentos e pesquisas na área.

Embora a Psicologia científica tenha nascido na Alemanha, é nos Estados Unidos que ela encontra campo para um rápido crescimento. É ali que surgem as primeiras abordagens ou escolas em Psicologia, as quais deram origem às inúmeras teorias que existem atualmente.

Essas abordagens são: o Funcionalismo, de William James (1842-1910), o Estruturalismo, de Edward Titchner (1867-1927) e o Associacionismo, de Edward L. Thorndike (1874-1949).

Fonte: Portfólio de Psicologia da Aluna Rafaela Moreira


Objetivos da Psicologia Científica

1. Descrever comportamentos e processos mentais.

2.
Explicar esses comportamentos e processos, o que significa identificar as causas que os determinam.

3.
Prever / predizer comportamentos futuros, o que só é possível a partir da identificação das causas que lhes estão na origem.

4.
Controlar as circunstâncias em que ocorrem os comportamentos, a partir da explicação e previsão, de modo a torná-los mais apropriados e adaptativos.

Os psicólogos que se dedicam à investigação centram-se nos três primeiros objetivos. Os que trabalham na área Aplicada privilegiam o último objetivo.

Fonte

Nenhum comentário: